COLUNA

Pelos Cotovelos

Redação TopMídiaNews

Dificuldades na administração fazem prefeita recuar da candidatura de filho

De olho nas pesquisas, Délia está receosa de gastar capital político por agora

25 DEZ 2017 Diana Christie e Liziane Berrocal 22h00min

(Foto: Prefeitura de Dourados)

Em Dourados, a crise começa a afetar também os planos políticos. A prefeita Délia Razuk pode rever o plano de lançar um de seus filhos como candidato a deputado estadual. O mar não está para peixe. E de olho nas pesquisas, ela pode preferir recuar nessa empreitada enquanto recupera fôlego e popularidade depois de um ano particularmente difícil com o eleitorado.

Feliz Natal!

Com a data comemorativa, a maioria dos políticos aproveita para dar as boas festas aos eleitores, pipocando vídeos e cartões virtuais com frases feitas. Com os grupos de WhatsApp, a proliferação dos votos – natalinos - aumentou mais ainda. Nós da redação apostamos um panetone que o leitor deve ter recebido pelo menos umazinha dessas felicitações prontas. E mais, dos assessores, que claro, distribuem à exaustão a imagem dos chefes. Faz parte, afinal o próximo ano é eleitoral!

Otimista

O ex-governador André Puccinelli (MDB), que anunciou sua pré-candidatura com palmas e lágrimas está muito otimista. Ao ser questionado sobre quais seriam os partidos que já teriam o procurado para uma futura composição, ele garantiu um ônibus cheio. “Se não houverem mudanças e surpresa, acredito eu que teremos metade do tempo de TV”. O tempo de propaganda, aliás, é um dos principais fatores de negociação do partido.

Deixa eu quieto

O deputado estadual Marcio Fernandes (MDB) não quer nem ouvir falar sobre mudar de cargo ou de candidatura para o Senado, como foi ventilado. “Me deixa quietinho aqui, fazendo campanha para deputado estadual”, afirmou ele, que vai para a reeleição. Fernandes garante que não sabe de onde surgiu a conversa que ele queria concorrer ao Senado Federal em 2018, quando serão disputadas duas vagas.

Trabalhador

O novo ministro da República, o secretário de Governo Carlos Marun quer mesmo manter a fama de ‘menino trabalhador’. Hoje (26), um dia após o Natal, já deve se encontrar com o presidente Michel Temer (MDB) para discutir a articulação da reforma da previdência para 2018.

Irritação

A queima de fogos mais uma vez causa grande irritação. Tradicionalmente, deveria ser no réveillon, mas em Campo Grande parece que tem gente com mania de literalmente queimar dinheiro. E com isso quem sofre muito são os animais e crianças. A irritação de alguns é tão grande, que já pensam até em lei para criminalizar o estouro de rojões. Pena que seria mais uma lei a não ser cumprida. 

Deixe seu Comentário

Leia Também