COLUNA

Pelos Cotovelos

Redação TopMídiaNews

Entre a política e o radialismo, Lucas de Lima vive saias-justas com eleitores

Radialista e parlamentar, ele tenta tratar cada carreira de forma separada, mas sem sucesso

27 FEV 2018 Diana Christie, Liziane Berrocal e Vinícius Squinelo 00h00min

Não foi apenas uma, mas duas ocasiões em que o vereador Lucas de Lima (SD) passou por uma saia-justa por causa das profissões que acumula ao longo da carreira. Radialista e parlamentar, ele tenta tratar cada serviço de forma separada, mas não tem conseguido a compreensão das pessoas que o cercam.

Tête-à-tête

Na primeira saia-justa, ele teve que ouvir várias críticas políticas durante seu programa em uma rádio da Capital. Até aí tudo bem, mas o problema é que o programa é romântico, para músicas que tocam o coração, e o ouvinte resolveu cobrar o vereador, que acabou se irritando com a mistura de temas. Tudo isso ao vivo!

Amor Sem Fim

Outro dia, Lucas estava visitando o ex-governador André Puccinelli (MDB) para tratar política partidária quando uma pessoa que estava conversando com o italiano se virou para o vereador e disparou: “Lucas não perde a voz de porteiro de motel, né? Posso pedir uma música?”. Difícil conciliar, hein?

Carreira

E falando em Lucas, não tem como esquecer o também radialista, vereador Cazuza (PP). Ele não pode ser considerado um dos parlamentares mais falantes da Câmara Municipal, mas quando assume o microfone, sempre evoca memórias de um programa matinal de rádio. Aliás, o meio de comunicação ajudou a eleger vários profissionais, entre eles o ex-prefeito Alcides Bernal (PP) e o vereador Chiquinho Telles (PSD).

Nervosinho

O ministro Carlos Marun (MDB) tem se mostrado bastante estressado com as chamadas ‘fake news’, a famosa boataria. Isso é compreensível, afinal elas irritam todo mundo. Porém, ele anda ficando todo nervosinho quando tem que explicar sobre a possibilidade de cancelamento da eleição por causa das intervenções federais, sendo que este é justamente o papel dele: informar e tranquilizar a população.

Batendo ponto

Mal assumiu a Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste), Marcos Derzi já começou a representar o senador Pedro Chaves (PRB) nas agendas oficiais. Indicado do professor, ele esteve, inclusive, em Aquidauana, onde várias famílias ficaram desabrigadas por causas das cheias do rio que faz a divisão com Anastácio.

dedo de moca

Deixe seu Comentário

Leia Também