COLUNA

Pelos Cotovelos

Redação TopMídiaNews

Irmão de dono da chave dos cofres públicos usa parentesco para se dar bem nos negócios

O tal irmão de luxo já foi daqueles ‘famosinhos’, dono de umas boates por aí

22 FEV 2018 Diana Christie, Rodson Willyams e Vinícius Squinelo 00h00min

Foto: Pragmatismo Político/Ilustração

Irmão de importante servidor dos cofres públicos está abrindo novos empreendimentos. Cansado de se aventurar na noite, está vendendo as qualidades do irmão a quem quer "pagar para não pagar mais". Os clientes estão aparecendo.

Histórico

O tal irmão de luxo já foi daqueles ‘famosinhos’, dono de umas boates por aí. Todas com o mesmo destino inglório: o fechamento. Agora, vende outro tipo de diversão, aquele de pagar menos impostos.

De olho!

E o pior é que ninguém sabe se o irmão que realmente manda sabe o que está acontecendo. Se não souber, melhor ficar de olho e corrigir os desmandos. Agora se souber, aí o cheiro ruim de falcatrua aumenta e muito!

Tabu I

O Pastor Jeremias Flores (Avante) usou a tribuna para pedir moção de repúdio aos responsáveis por agredir quatro amigos que estavam em frente a uma boate gay. A iniciativa surpreendeu a todos na Câmara Municipal, já que a bancada evangélica costuma ser arredia a temas envolvendo a comunidade LGBT.

Tabu II

Jeremias repudiou a violência sofrida pelo grupo e falou em respeito a todos os seres humanos, independente da orientação sexual. Deu o exemplo em uma Casa de Leis marcada pelo conservadorismo.

Jogo

O parlamentar também aproveitou o momento para criticar o jogador de futebol que espancou um gandula em jogo do Comerário, realizada na Capital e transmitido ao vivo pela TV. Mais um episódio que envergonhou o sul-mato-grossense.

dedo de moca

Deixe seu Comentário

Leia Também