COLUNA

Pelos Cotovelos

Redação TopMídiaNews

‘Monte’ que abrigou João em seu desespero foi terreno de orações de Olarte e secretários

Local é frequentado por evangélicos, que ‘de dia e de noite’, usam o espaço para suas orações

26 FEV 2018 Diana Christie, Celso Bejarano e Vinícius Squinelo 00h00min

Sabe o "monte", área pública situada no Jardim Monte Alegre formada por um terreno grande cercado pela mata, em Campo Grande? Pois é, o TopMídiaNews fez reportagem sobre um homem, o João, que, por falta de dinheiro, mora lá (relembre aqui). Este local é frequentado por evangélicos da cidade, que "de dia e de noite", usam o espaço para suas orações.

Memória

Por falar em evangélico, um ilustre deles também ia neste lugar. Era Gilmar Olarte, o ex-prefeito que virou a cidade de cabeça para baixo, lembra? Olarte convocava seu secretariado vez ou outra e iam todos para lá, onde ficavam até tardão da noite. Bom, tirando a religiosidade de lado, o final da gestão de Olarte foi trágico, né? Preso, tornozeleira eletrônica, enfim, nem o "monte" deu jeito...

Fervo

Oito meses distanciam-nos da eleição que vai definir nomes para o Governo, Assembleia Legislativa e Congresso Nacional. Parece muito tempo, mas o agito dos políticos mostra que a data "está logo aí". Aqui em Campo Grande, por exemplo, têm reuniões quase que todo dias e em pontos distintos da cidade.

Fôlego

Informante desta coluna disse que "num dia só" participou de ao menos três reuniões. E um detalhe importante: as conversas juntaram lideranças de partidos diferentes. Ou seja, interessados na disputa estão naquela de ficar com um "olho do gato e outro no peixe". Razão disso: emprego, favores, dinheiro, enfim, coisas da política.

Dois em um

O prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes (PSDB), fez o famoso dois em um durante divulgação de campanha para arrecadar donativos para as famílias desabrigadas em Anastácio e Aquidauana. Além de ajudar a propagar a ação solidária, ele aproveitou para - vejam só - fazer um marketing político da gestão na Cidade Branca. “Corumbá sabe muito bem o que é sofrer com enchentes urbanas. A última e talvez a pior delas foi a inundação de 28 Fevereiro de 1992 - que traumatizou muitos corumbaenses até hoje. Desde então, muitas medidas foram tomadas para evitar esse tipo de situação e hoje graças à Deus estamos relativamente seguros nessa época de chuvas, em relação à muitas outras cidades”, declarou. Arrasou nessa!

Convite

A prefeitura vai realizar a prestação de contas sobre o cumprimento das metas fiscais do 3º quadrimestre de 2017 na próxima quarta-feira (28). O demonstrativo financeiro será realizado em audiência pública na Câmara Municipal de Campo Grande, às 8h. Quem estiver interessado em verificar o que os políticos andam fazendo, está aí a oportunidade!

Deixe seu Comentário

Leia Também