COLUNA

Pelos Cotovelos

Redação TopMídiaNews

Prefeito evita falar sobre eleições e ‘puxa orelha’ de vereadores do PSD

'Eles foram eleitos para quatro anos e deviam estar atentos para administrar a cidade', disparou

8 MAR 2018 Diana Christie, Liziane Berrocal, Rodson Willyams e Vinícius Squinelo 00h00min

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) anda mais liso que sabão quando o assunto é a eleição de outubro e sobrou até para os vereadores do partido, que andam reclamando da demora do chefe do Executivo em dar um posicionamento sobre as alianças ou candidaturas da legenda.

Recadinho

Questionado sobre o assunto, ele chegou a dar um puxão de orelha nos parlamentares: “não tem nada marcado e nenhuma conversa. O que eu vou fazer? Não tem nada. Eles foram eleitos para quatro anos e deviam estar atentos para administrar a cidade. Acabaram de serem eleitos”, disparou.

Tucanato

Marquinhos, aliás, desconversa também sobre uma parceria com os tucanos, mesmo após se derreter em elogios para a vice-governadora Rose Modesto (PSDB, foto) e sempre destacar a ajuda do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). “A parceria com o Reinaldo vai ser administrativamente até ao final do mandato dele”, despistou. O posicionamento, no entanto, é importante porque ele comanda o maior nicho eleitoral do Estado.

Busão dos tucanos

Enquanto isso, pensando em lotar o primeiro evento que será realizado pela pré-candidatura do governador Reinaldo Azambuja à reeleição, partidários do ninho tucano resolveram fretar ônibus para levar a galera para Ivinhema, distante 297 quilômetros da Capital. A “excursão” está sendo organizada por militantes e as despesas pagas por quem? Ainda não sabemos, mas vamos descobrir.

Guerra

Essa “lotação” deixa claro que a “guerra eleitoral” já começou. Nas lives transmitidas pelo TopMídiaNews com o programa Pré-na-Estrada, os adversários aproveitam para deixar recados nada amistosos entre si, especialmente para os dois que já governaram Mato Grosso do Sul. E a guerra virtual tende a se intensificar – ainda mais - com a proximidade das eleições.

Deixe seu Comentário

Leia Também