COLUNA

Pelos Cotovelos

Redação TopMídiaNews

Previdência e recesso tiram Energisa da mira de deputados, mas porrada vem em 2018

Prestes a entrar em recesso, deputados adiaram cobranças, mas querem prestação de contas já no retorno

25 DEZ 2017 Diana Christie, Liziane Berrocal e Vinícius Squinelo 00h00min

A Energisa, empresa ‘responsável’ pela concessão de energia elétrica em 74 dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, escapou de ter que prestar contas na Assembleia Legislativa, pelo menos por enquanto!  Com o recesso parlamentar, deputados de Mato Grosso do Sul desistiram de ouvir a empresa, que deve voltar à mira já no início de 2018.

Pressão

A concessionária de energia, que assumiu o serviço após a compra da antiga Enersul, sofre imensa pressão pela péssima qualidade do serviço em Mato Grosso do Sul, aliado aos altos preços. Só neste ano foram 2,3 mil denúncias em dez meses, o que chamou a atenção de um grupo de quatro deputados estaduais, que pretendia convocar a Energisa para dar satisfações neste ano. Mas a correria impediu o necessário.

Os problemas

A Assembleia Legislativa viveu um tremendo terremoto em novembro, quando enfrentou a discussão sobre o aumento da contribuição previdenciária. O resultado foram vidros quebrados e uma pauta acumuladíssima para esta semana, última antes do recesso parlamentar. Por isso, tudo o que não está na pauta foi deixado de lado. Inclusive a Energisa, que, por enquanto, vai seguir zoando o consumidor sem ninguém dar um puxão de orelha!

Sem esquecimento

Mas a empresa que fique de olho: o grupo de deputados avisou que 2018 está aí e a Energisa vai ter sim que prestar esclarecimentos sobre o caos do fornecimento em MS e a falta de apoio ao consumidor. Dessa não vai fugir não.

Pata de elefante

O peso do ministro Carlos Marun foi alvo de brincadeira entre os colegas na Capital. Quando questionado sobre qual teria sido o peso de sua opinião sobre a decisão já anunciada de André Puccinelli (MDB) em ser pré-candidato ao governo, o deputado estadual Eduardo Rocha brincou: “do tamanho do peso dele”.

Regime

Marun não se fez de rogado e ainda afirmou. “São 130 quilos”. Bem-humorado, ele corrigiu afirmando que seria menor. “Não, 130 não, são 127 quilos, estou fazendo dieta e já emagreci três”, contou mostrando a barriga. 

Deixe seu Comentário

Leia Também