COLUNA

Top Pipoca com Pedroka

Pedro Martinez

The Miseducation of Cameron Post: intolerância é doença...

Cegueira homofóbica

26 NOV 2018 16h19min

A dica de hoje é um filme visto no Festival de Cinema do Rio de Janeiro, em novembro de 2018.

O Mau Exemplo de Cameron Post (The Miseducation of Cameron Post) é baseado na novela homônima de Emily M. Danforth, de 2012, inspirado em um triste caso real. Em 2005, um jovem, Zach Stark viralizou na internet ao denunciar que, após se assumir gay para a família foi mandado para um acampamento chamado "Love In Action", grupo evangélico que supostamente visava "curar" jovens da sua homossexualidade.

Já na trama do filme, estrelado por Chlöe Grace Moretz, e que ganhou o Festival de Sundance esse ano, conhecemos Cameron Post, uma jovem que, após ser flagrada pelo namorado com uma colega em um carro na noite do Baile de Formatura é enviada para um centro de conversão, o "God's Promise", onde irá, na verdade, enfrentar uma dura repressão diária e irá conhecer novos amigos e amigas com quem compartilhará seus dias.

Esse é o segundo longa da diretora Desiree Akhavan que tem como grande mérito a habilidade de descobrir empatia entre semelhantes num ambiente de alta repressão e preconceito justificado como fé. É, em resumo, um filme típico no estilo "coming of age", ou a chamada história de formação e amadurecimento, que enfoca de maneira rapsódica como Cameron se divide interiormente entre a auto-repulsa e sua lenta aceitação de sua orientação sexual.

As impressões iniciais de muitos críticos, e minha também, equiparam esse filme como uma versão LGBT de "Um Estranho no Ninho" por causa, principalmente da antagonista principal, a cristã super ultra homofóbica e, "psicóloga" do lugar, Lydia March que atua, pra quem viu o clássico, como aquela enfermeira Ratched: falsamente cheia de simpatia, bastante opressiva e sempre pregando quanto mais for possível pregar suas supostas verdades. Na verdade Lydia é uma personagem que funciona para fins de criar tensão.

É forte e inteligente a cena em que Cameron e os amigos cantam What's Up do 4 Non Blondes, um hino dos incompreendidos dos anos 90.

Assim, entre uma sequência e outra de absurdos homofóbicos sendo disparados, o filme também cria laços emocionais através de recursos narrativos simples e funcionais, como Cameron olhando pro tal iceberg, um suposto quadro de mapeamento de trauma individual ou cometendo transgressões com os amigos como por exemplo plantando um pé de maconha, bebendo álcool ou simplesmente fofocando sobre Lydia e o Reverendo Rick, o qual foi a primeira cobaia "curada" pela instituição.

O Mau Exemplo de Cameron Post é doloroso ao sufocar o processo de assimilação com o esforço de destruição e pode não ser a história que gostaríamos de ver acontecer com alguém em pleno século 21 mas, é um filme que o mundo precisa ver para aprender a não ser tão intolerante a ponto de chegar a um extremo desses.

5 pipocas!

Filme disponível para download via torrent no Lime Torrents.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também