COLUNA

Pelos Cotovelos

Vinícius Squinelo

‘Todo poderoso’ em Brasília, Marun fracassa até nas próprias indicações e perde força

“Estou fora. Há muita disputa, muita confusão", dispara

25 AGO 2017 Diana Christie e Vinícius Squinelo 00h00min

O deputado federal Carlos Marun (PMDB) desistiu de tentar emplacar um nome seu para cargos de destaque em Mato Grosso do Sul. “Estou fora. Há muita disputa, muita confusão. Fiquei em dúvida se poderia ser um bom trabalho”, disse Marun ao TopMídiaNews, sobre uma das nomeações.

Fracasso

Para quem se coloca como o porta-voz quase oficial do governo de Michel Temer, não conseguir sequer indicar um cargo federal é um fracasso retumbante de Marun. Parece que o tratorzão não está com essa bola toda não...

Futuro

Carlos Marun destacou que espera que outro integrante da bancada federal indique os cargos. “Espero que outro político possa fazer uma sugestão”, completou.

Lembrando

“Indiquei uma pessoa. Houve demora, alguns se posicionaram favoráveis, outros contrários. Por enquanto, eu sou um torcedor de quem venha assumir o cargo”, disse.

Estratégia

Policial federal, o vereador André Salineiro (PSDB) elaborou um Guia de Prevenção à Violência. Com base no documento, ele vai publicar dicas de segurança em suas páginas nas redes sociais todas as quartas-feiras. Além de informar, ele já garante engajamento virtual em uma só proposta. Ponto pra ele!

É hoje!

O relator da reforma tributária na Câmara dos Deputados, deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB/PR), apresenta hoje (25), a partir das 14 horas, no auditório do Edifício Casa da Indústria, os principais pontos e objetivos da proposta e o impacto das mudanças para o setor produtivo brasileiro. Será que vem mais bomba?

Esclarecendo os cotovelos

Sobre a coluna de ontem (leia aqui), o deputado estadual Paulo Siufi afirmou que não é apenas "pagar a dívida" que a JBS ficará livre de processo ou de continuidade das investigações. Na verdade, segundo ele, vai muito além. "Será tudo cobrado com juros e correção monetária". O resto, segundo ele, é com a Justiça.

nando viana

Deixe seu Comentário

Leia Também

erro medico