Aneel aprova reajuste médio de 10,36% nas tarifas da Light

O efeito médio para o consumidor será de 10,36%

13 MAR 2018Agência Brasil14h42min
Foto: Daniel Castelo Branco/Agência O Dia

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (13), durante reunião pública, reajuste nas tarifas dos consumidores atendidos pela Light. O efeito médio para o consumidor será de 10,36%.

Para os clientes conectados à rede de alta tensão, o aumento em média será de 13,40% (indústrias), e de baixa tensão, em média, 9,09%. Os consumidores residenciais – B1 (residencial e subclasse residencial baixa renda) o reajuste será de  9,35%.

As novas tarifas começam a vigorar a partir de quinta-feira (15). A Light atende a 3,9 milhões de unidades consumidoras na cidade do Rio de Janeiro e em mais 31 municípios fluminenses.

“Ao calcular o reajuste, conforme estabelecido no contrato de concessão, a Aneel considera a variação de custos associados à prestação do serviço. O cálculo leva em conta a aquisição e a transmissão de energia elétrica, bem como os encargos setoriais”, diz a agência em nota divulgada em seu site.

Deixe seu Comentário

Leia Também