Confira os locais onde os contribuintes podem pagar os débitos do IPVA

IPVA pode ser pago a vista ou até cinco parcelas

5 JAN 2018Da Redação12h00min
Foto: Edemir Rodrigues

Os contribuintes do Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2018 que desejarem pagar o tributo nesse início de ano já podem fazê-lo e contam com vários locais à disposição. Os recursos do IPVA são revertidos em melhorias para os cidadãos.

O pagamento do IPVA pode ser feito em duas modalidades: em parcela única, com 15% de desconto, até 31 de janeiro deste ano; ou em até cinco parcelas, sem desconto, com vencimento em:

31 de janeiro;
28 de fevereiro;
29 de março;
30 de abril;
30 de maio de 2018.
Para tanto, os proprietários podem quitar o tributo se dirigindo aos bancos credenciados, em qualquer unidade da Federação. São eles: Banco do Brasil, Banco Itaú, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Banco (Conta Fácil), Banco Cooperativo Sicredi, Banco Rural, Banco Bradesco e Banco Safra.

Há também a possibilidade de o IPVA ser pago nos pontos de arrecadação do Departamento de Trânsito de MS (Detran); nas Agências dos Correios; nas Agências Fazendárias (Agenfas) de todo o Estado, que possuem caixa bancário; nas unidades do Fácil em Campo Grande (Aero Rancho, Guaicurus, Coronel Antonino e Shopping Bosque dos Ipês), no horário das 8h às 16h.

Quem preferir pode ainda quitar o débito nos caixas eletrônicos através do código de barras; nas casas lotéricas para valores de até R$ 1.000,00 até às 18h; e para os que desejam ainda mais comodidade, o pagamento pode ser feito por meio da internet ou aplicativos de celulares e tablets dos bancos conveniados.

O IPVA é a segunda fonte de arrecadação tributária do Governo do Estado, ficando atrás somente do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Do total arrecadado, 50% são revertidos para o município em que o veículo está registrado e 50% permanecem nos cofres públicos estaduais e são aplicados conforme o planejamento financeiro, podendo ser utilizado para pagamento de servidores até políticas públicas como Educação, Saúde, Segurança, entre outros.

Deixe seu Comentário

Leia Também