Restaurante serve famoso 'viagra pantaneiro' e vira atração em Anastácio

Sorocaba, Paula Mattos e Antônio Fagundes já provaram a iguaria regional

10 SET 2017Bruna Vasconcelos15h15min
Caldo de piranha é conhecido como viagra pantaneiroFoto: Luiz Maique

Quem chega na bucólica cidade de Anastácio logo observa o tradicional Restaurante Amarelinho na cabeceira da Ponte do Rio Aquidauana. Ali, turistas e moradores experimentam o regional Rodízio de Peixe, conhecido na região por oferecer o Caldo de Piranha, que é tido como o “viagra pantaneiro”.

Clarita Araújo, proprietária do estabelecimento, conta que famosos como Sorocaba, Paula Mattos e Antônio Fagundes já provaram a iguaria e saíram satisfeitos do local. Turistas do Brasil todo também são atraídos pela curiosidade despertada pela faixa em frente ao restaurante.

O caldo, originário do Pantanal Sul-Mato-Grossense, é de sabor forte e bem temperado. A comida é famosa pelo poder afrodisíaco, sendo consumida com arroz ou pão francês. O prato é feito com carne de piranha batida, misturada com cebola, pimentão e especiarias. Há quem diga que realmente funciona como indutor de libido por dar a sensação de quentura no corpo. 

Além do caldo de piranha, que a proprietária afirma ser feito apenas com peixe fresco e pescados na própria região, quem optar pelo Rodízio de Peixe ainda é servido com uma mesa farta com direito a repetição dos pratos e sobremesa. O valor fica R$ 55,00 por pessoa.

No rodízio, além do “viagra pantaneiro”, também são servidos moqueca de peixe feita com azeite de dendê, Pacu frito, peixe à parmegiana, pirão de Pintado e o scabeche de peixe. Como acompanhando, os visitantes recebem arroz, mini pão e banana frita.

Restaurante
Passado de geração em geração, o restaurante Amarelinho é um dos pioneiros em Anastácio. Ele foi fundado em 1.975 pelo casal Carlos Araújo, 86 anos, e Clara Maidano, 78. Eles contam com orgulho que cerca de 1.200 pessoas visitam o local por mês e são atraídos, principalmente, pela curiosidade e boa reputação da comida oferecida.

HMEDIC

Deixe seu Comentário

Leia Também

fabio trad