MP investiga bloco de Carnaval que faz apologia à ditadura militar

Convite traz imagem de Brilhante Ustra, ex-chefe de centro responsável por torturas

11 JAN 2018Jornal do Brasil18h30min
Foto: Reprodução/Facebook

O Ministério Público de São Paulo (MPSP) investiga um bloco de Carnaval, programado para desfilar no dia 10 de fevereiro, que faz apologia à ditadura e tem o nome de "Porão do Dops", em alusão ao extinto Departamento de Ordem Política e Social, acusado de promover sessões de tortura no regime militar do Brasil.

O evento está sendo divulgado pela página do Facebook "Direita São Paulo" e traz no convite a imagem do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, morto em 2015 e ex-chefe do DOI-CODI, um dos centros de tortura.

hmed

Deixe seu Comentário

Leia Também