Visibilidade zero: garaparia e trailer em esquina aumentam riscos de acidentes na Presidente Vargas

Motoristas e pedestres correm perigo na região que tem grande circulação de carros

29 JAN 2019Thiago de Souza07h00min
Foto: Repórter Top

Leitor do TopMídiaNews constatou que carrinhos que vendem garapa e água de côco, estacionados próximos de ruas que fazem esquina com a avenida Presidente Vargas, podem causar acidentes. A falta de visibilidade aos motoristas por conta das estruturas é o maior problema, principalmente por não conseguir ver os pedestres.

''Esse trailer, o dono colocou na esquina, entre a calcada e a rua, tapando totalmente a visão do motorista que entra na Presidente Vargas e de quem quer sair da mesma'', observou o denunciante.

A reclamante, que mora na região da Euler de Azevedo, conta que o trailer foi colocado há menos de um mês. A estrutura tem 2x2 metros. Neste caso, só é possível ver o veículo que vem na avenida quando se está muito próximo do cruzamento.

Em relação ao carrinho de garapa, a leitora observa que quase ocorreu um ''acidente feio'', no local, por conta que os motoristas têm de mudar para a faixa da esquerda para não baterem na barraca. Ela também acrescenta o fato de serem duas vias muito movimentadas na região oeste de Campo Grande.  

''O sujeito jogou o carro para a esquerda e, por pouco, não colidiu com o outro'', relembrou. Ela acrescenta que um acidente naquele ponto está cada vez mais próximo. No recado enviado ao TopMídiaNews, ela alerta: ''basta 1 hora de filmagem que vocês irão ver o que ocorre lá''.

A denunciante reflete a questão da fiscalização, que segundo ela ''não tem''.

''Um colocou [o carrinho] e ninguém fez nada. Agora mais um colocou em lugar impróprio. Não demora muito e vai virar um caos aquela rua'', finalizou.

Entramos em contato com a prefeitura, para saber se há fiscalização desse tipo de problema na região mencionada pelo leitor. Aguardamos resposta.

Deixe seu Comentário

Leia Também