Athila Paixão e Gedson Santos são enterrados em suas cidades natais

Corpos das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu, na última sexta-feira, estão deixando o Rio de Janeiro desde a tarde de domingo

11 FEV 2019Da redação / Portal R715h14min
Foto: Reprodução / Portal R7

Os corpos de Gedson Santos e Athila Paixão, ambos de 14 anos, foram enterrados na manhã desta segunda-feira (11), em suas respectivas cidades natais, em Itararé, em São Paulo, e Lagarto, em Sergipe. Os dois foram vítimas do incêndio que atingiu o CT George Helal, o Ninho do Urubu, na última sexta-feira no Rio de Janeiro. 10 atletas da base do Flamengo morreram no episódio.

O corpo de Gedson Santos foi levado de avião do Rio de Janeiro para Curitiba na tarde de domingo, seguindo de carro para Itararé, onde a família do jovem mora. Gedinho, como era conhecido, havia se mudado para o Rio de Janeiro há apenas uma semana.

Seu corpo foi velado no ginásio municipal da cidade, lotado por parentes, amigos e moradores da cidade. A mãe do jogador passou mal e precisou ser amparada. O corpo de Athila Paixão também deixou o Rio de Janeiro de avião e, de Aracaju para Lagarto, onde moram os familiares do atleta, foi levado de carro. O corpo foi velado em uma quadra de esportes, na qual o jovem costumava jogar com os amigos na infância.

- Ele era muito talentoso e a carreira estava seguindo no caminhado certo. Ele era filho único e sempre chegava aqui sorridente, brincando e não via a hora de voltar para continuar treinando - contou o tio do Athila, Paulo César de Souza.

Deixe seu Comentário

Leia Também