COLUNA

Tiro Livre

Vinícius Squinelo

Presidente do Flamengo cospe em túmulo de meninos assassinados: ‘tragédia’

Senhor Landim, pra começar, não foi tragédia!

24 FEV 2019 Vinícius Squinelo 12h38min

Tragédia. Falta de respeito ao clube. Advogados aproveitadores. Alvará de 2012. Alarme de incêndio não é obrigatório. Essas são apenas algumas das pérolas do presidente do Flamengo, Rodolfo Landim ao tratar a morte de dez adolescentes no Ninho do Urubu no último dia oito de fevereiro. Na prática, o presidente do maior time do País cospe na mais horrível mancha na história do centenário clube e despreza vítimas e familiares.

Senhor Landim, pra começar, não foi tragédia. O ‘alvará’ que o senhor se refere é de 2012, o senhor sabia que deve ser renovado? Alarme de incêndio não ser obrigatório não quer dizer que não seja útil para evitar a morte de dez pessoas. Ainda mais em um acomodamento modular que o Flamengo NÃO TINHA PERMISSÃO pra ter construído.

Senhor presidente, não foi tragédia, foi ASSASSINATO, HOMICÍDIO! Quando uma pessoa bebe e dirige, ela assume o risco de matar alguém. Quando você não dá as condições legais para abrigar jovens jogadores, também assumiu o risco. O rubro-negro apostou na sorte, e quem pagou com a vida foram dez inocentes.

Advogados aproveitadores? Os familiares têm todo o direito de buscar que o Flamengo arque com seus erros, ainda mais tão graves. Aproveitadores são os times de futebol nesse Brasil, que não dão a mínima pra Lei e sequer pagam os impostos que devem – ou o senhor se esqueceu do pacote de bondades que os times ganharam na Copa do Mundo!

Senhor Landim, pare de baboseira, de blábláblá, e seja homem. Assuma que o Flamengo é sim responsável pelo homicídio de dez meninos. Para de se aproveitar da imensa massa de torcedores do maior time do Brasil, um dos maiores do mundo.

Assuma que errou, não invente desculpas, peça perdão, ajude as famílias e siga a vida. Mas respeite quem morreu, literalmente, pelo Flamengo. Chega de vergonha!


Gostou? Curta, comente e compartilhe! Quer enviar críticas, xingamentos ou boas ideias: mande para o e-mail vinisquinelo@gmail.com

 

Deixe seu Comentário

Leia Também