Top Ms

Grupo armado mata policial e resgata chefe de facção brasileira no Paraguai

Criminoso teria deixado o país de avião

11 SET 2019Thiago de Souza18h49min
Foto: Reprodução Porã News

Grupo fortemente armado atacou uma escolta do preso Jorge Teófilo Samúdio Gonzales, o Samuca, na tarde desta quarta-feira (11), próximo a Assunción, no Paraguai. Um comissionário da polícia local, Félix Ferrari, foi morto durante troca de tiros e o criminoso foi resgatado.

Os bandidos regataram o traficante, que tinha sido preso em uma operação da Secretaria Nacional Antidrogas em outubro do ano passado em Bella Vista Norte, na fronteira com o Mato Grosso do Sul.

De acordo com autoridades Samuca é um dos chefes de uma facção criminosa nascida no Rio de Janeiro, no Paraguai e responsável pelo envio de cocaína à Europa.

O resgate aconteceu na avenida Costanera Norte e houve uma intensa troca de tiros entre policiais e bandidos. Três veículos foram incendiados e Samuca foi levado em uma van e depois a informação é de que ele foi retirado do Paraguai de avião. Além do policial que morreu um agente penitenciário também ficou ferido. Não há informações sobre baixas entre os bandidos.

O Ministério Público do Paraguai abriu investigação através da Divisão de Combate aos Crimes Organizados.  Todos os voos que saíram esta tarde de Assunção estão sendo investigados.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também