Top Ms

Produtor oferece R$ 11 mil por vídeo pornô para enganar jovens em Campo Grande

Mais duas mulheres teriam sido vítimas do mesmo golpe

11 SET 2019Diana Christie16h43min
Foto: Wesley Ortiz

Uma jovem de 21 anos procurou a polícia civil de Campo Grande, nesta quarta-feira (11), após ser engada por um golpista, que ofereceu dinheiro para gravar um vídeo pornô e desapareceu sem pagar pelo serviço.  

Ela conta que o suposto produtor, identificado apenas como Thiago, a procurou por mensagem nas redes sociais perguntando se estaria interessada em fazer um vídeo pornográfico e ganhar dinheiro.

A jovem então foi até Rua Japão, no Jardim Joquei Clube, para realizar a gravação. Após a relação sexual, gravada pelo celular, o rapaz entregou um pen drive que, segundo ele, continha o vídeo.

Na sequência, os dois saíram da residência e foram até um endereço na Av. Eduardo Elias Zahran, no Jardim TV Morena, onde Tiago disse que a vítima assinaria o contrato, mas ele parou distante do local e a mandou procurar pelo endereço.

Sozinha, a jovem conversou com o porteiro do prédio indicado por Thiago, que disse desconhecer o fato e que outras duas garotas já teriam procurado a emissora relatando o mesmo fato.

Questionado sobre o problema, Tiago disse para a vítima não registrar Boletim de Ocorrência, pois do contrário iria divulgar a gravação na internet. Para o ‘projeto, ele havia oferecido R$ 11,5 mil, que nunca foi pago.

O caso foi registrado como  divulgação de cena de estupro ou de cena de estupro de vulnerável, de cena de sexo ou de pornografia e violação sexual mediante fraude.

Deixe seu Comentário

Leia Também