Buscando parceria com outros países, audiência vai debater violência contra mulheres na fronteira

Assunto será discutido no Senado pela ministra Damares Alves, o governador de MS, Reinaldo Azambuja, e o senador Nelsinho Trad

26 MAI 2019Celso Bejarano, de Brasília09h30min
Abuso contra mulheres em zonas de fronteira está em pautaFoto: Wesley Ortiz/Arquivo TopMídiaNews

Nelsinho Trad, senador da República pelo PSD de Mato Grosso do Sul, presidente da CRE (Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional), anunciou ter aprovado a realização de uma audiência pública para discutir casos de violências e abusos contra mulheres em zonas de fronteira, as situadas em Mato Grosso do Sul entre as quais.

O senador disse que vai convidar para debater o assunto a ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) e os governadores Reinaldo Azambuja (PSDB) e Eduardo Leite (PSDB).

Ele ainda não definiu a data da audiência. Um dos assuntos abordados, disse o senador, tem a ver com casos de mulheres que têm sido usadas como as “mulas do tráfico” por chefes do crime organizado.

“A proporção de crimes e outros atos violentos praticados contra o gênero feminino têm tomado uma dimensão que impõe um alerta a todas as autoridades. No que tange às regiões fronteiriças na órbita do Codesul, é preciso trazer este grave tema à público. É importante darmos repercussão social internacional a isto”, disse o senador sul-mato-grossense à Agência Senado.

Ainda segundo a Agência, o senador afirmou também que, na audiência, será apresentado o projeto-piloto batizado de “MS Fronteiras”, que institui acordos entre o governo de MS e instituições do Paraguai, Bolívia, Argentina e Uruguai, meio de implantar ações de enfrentamento à violência contra as mulheres.

Deixe seu Comentário

Leia Também