Com evento de destaque e grandes competidores, poker sul-mato-grossense está em ascensão

31 JAN 2019Da Redação13h08min
Foto: Carlos Monti

O poker sul-mato-grossense nunca esteve em fase tão boa como em 2018. Saulo Sabioni, de Campo Grande, é um dos melhores do Brasil; a seleção estadual voltou ao Campeonato Brasileiro por Equipes (CBPE) após dois anos de ausência e torneios como o Open MS ajudam ainda mais a difundir o esporte no Estado.

A ascensão de Saulo entre os melhores competidores do Brasil é algo que certamente ajuda a alavancar a modalidade em MS. Atual campeão da etapa mais importante do Campeonato Brasileiro de Poker (BSOP Millions), o momento de Sabioni é tão bom que nos últimos 12 meses ele se enquadra na elite do poker brasileiro.

Após a conquista no BSOP Millions em dezembro, neste ano Sabioni venceu outra etapa do Campeonato Brasileiro, dessa vez em Natal (maio), e se tornou o primeiro bicampeão da história do circuito.

“Formamos um time de 20 pessoas, a maioria de Campo Grande o que é um orgulho. É um grupo super dedicado aos estudos, às estratégias. Vencer o BSOP foi realizar um sonho”, afirma Sabioni.

A atual ótima temporada de Sabioni não se restringe apenas na vitória em Natal. Ele havia sido quinto colocado em uma etapa anterior, em Brasília, e conquistado um evento paralelo no primeiro evento do ano (realizado em São Paulo).

Tamanha consistência coloca o sul-mato grossense como atual líder do ranking geral Campeonato Brasileiro. A liderança de Saulo é até certo ponto confortável, visto que ele está com mais de 300 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, Paulo Gini.

Com mais da metade do circuito já concluído, ainda restam mais três etapas para serem disputadas, e Saulo Sabioni certamente é o principal favorito para vencer o ranking geral do Campeonato Brasileiro pela primeira vez.

Em julho, Sabioni esteve ao lado de outros competidores de destaque que representaram o Estado no CBPE. Além do craque, os competidores Tião Sasaki, Andressa Guarda, Marco Arruda, Lucas Rossato e Lincon Freitas vestiram as cores do MS em um evento que reuniu 20 seleções estaduais.

Apesar da qualidade evidente da equipe, o elenco de MS não conseguiu cumprir as expectativas e foi eliminado na primeira fase ao lado de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.

Não só de Sabioni vive o poker no Estado. Lincon, presente no CBPE, também é um competidor de muita qualidade e conta com grandes resultados no poker online. Segundo o site PocketFives (especialista na modalidade pela internet), na atualidade o sul-mato grossense aparece como o 18° melhor do Brasil e entre os 100 melhores do mundo.

Esse momento tão positivo dos competidores do Estado naturalmente se traduz em maior popularidade do esporte em MS. Em junho deste ano, Campo Grande recebeu o 3° Open MS de Poker em um evento de destaque que teve R$ 150 mil em premiação garantida. Realizado no Big Slick Clube, o evento foi um sucesso e contou com a participação de Sabioni.

O crescimento do poker no Mato Grosso do Sul dá aos competidores a possibilidade de praticar o esporte em suas mais diversas variedades, visto que a maioria dos clubes do Estado oferecem eventos em Texas Hold’em, Omaha e outras modalidades conhecidas no poker.

Além do Big Slick Clube, em Campo Grade outro clube muito conhecido é o All-In Club. No entanto, o poker não fica concentrado só na capital. Em Dourados, por exemplo, o Taj Poker Club e o Diamond Poker Club são dois lugares fixos para praticantes da modalidade.

Enquanto Estados como Paraná e São Paulo despontam como os principais do poker brasileiro, em Mato Grosso do Sul esse esporte de cartas vem dando passos largos para aumentar seu status no cenário nacional e, quem sabe algum dia, chegar até a elite geral da modalidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Top Comunicaçao